teste

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Que gracinha!

Vocês não vão acreditar o que eu encontrei na minha caixa de mensagens:

Caro O,

Fiquei curioso de saber sua identidade. Besteira, mesmo. É que sou aluno de mestrado da EPGE, começando agora nessa vida sofrida de futuro acadêmico, e queria saber quem é a personalidade fazendo tantos comentários pertinentes, e conseguindo mandar bem nas piadas (melhores que as do Alex, pelo menos).

Apesar de eu achar que você é o próprio Alex, mas enfim. Hehehe

Grande abraço!


Não é comovente? Não dá um arrepio saber que estou tocando o... intelecto da juventude brasileira? É por causa de comentários como esse que eu sinto que estou no caminho certo, que eu tenho mais é que continuar com meu serviço de utilidade pública, orgulhoso que estou construindo um mundo melhor.

Vamos guardar para a posteridade o nome desse jovem de muito futuro em nossa profissão: Johnny Beltrano -- Pois bem, Sr. Beltrano, não vou me esquecer de suas palavras de incentivo!

P.S. Isso me faz lembrar um estudo antropológico que li sobre os pigmeus das florestas africanas. Apesar de expostos a evidência contraditória, alguns aparentemente não processavam o conceito que eles têm estatura abaixo da média dos outros povos da floresta e usavam a premissa que todos os homens são pequeninos como eles em decisões cruciais para seu bem-estar.

Reações:

18 comentários:

Estes pigmeus também eram canibais, com especial preferência por crianças?

Rapaz da FGV...

todo mundo ja sabe que o O é o Irineu de Carvalho Filho do FMI...

COM CERTEZA cara, a mascara do anonimo ja caiu...

Esses prigmeus eram ortodoxos ou pós-keynesianos?!

Nem um nem outro, eram metafóricos.

Dois artigos no Valor de hoje. Um do Márcio Garcia (racional), outro do Paulo Tenani (mágico).
O Tenani, através da técnica de definir idéias contrárias de acordo com seus interesses (o correto é descrever seu pensamento), tenta, reduzir a importância da taxa básica na política monetária (não entendo a implicância desta turma contra a taxa básica), enfim no combate à inflação.
Merece comentário?

Credooooooooooooooooo

Te o senhor "O" como incentivo para seguir na carreira acadêmica e pesquisa é bem coisa de Menino da EPGE, maquina de fazer lista de exercício, do Mas-Coleu, Woodford, Jehle e Reny, e tantos outros manuais de economia mainstream.
Já em relação as piadas, com certeza senhor O é muito criativo, muito mais que os seus inúmeros papers publicados em revistas de alto impacto. (com certeza ele irá entender né..

Abração Irineu...do FMI, teu chefe Blanchard já deu pé na bunda desses modelinhos picaretas DSGE.

"Te o senhor "O" como incentivo para seguir na carreira acadêmica e pesquisa é bem coisa de Menino da EPGE, maquina de fazer lista de exercício, do Mas-Coleu, Woodford, Jehle e Reny, e tantos outros manuais de economia mainstream."

Hmm... Tem pigmeu canibal na área.

Vamos esconder as criancinhas!

Esse cara ta fudido, quando o Blanchad descobrir que ele esta tirando sarro do oreiro, a casa vai cair pra ele... desmoralizacao total...

queima o filme total si um economista do banco mundial pego batendo boca com um pagapau de terceira, eu acho mal prakas.

"queima o filme total si um economista do banco mundial pego batendo boca"

Eu vou colocar um aviso no blog alertando que não falamos símio aqui.

Se bem que os símiofalantes não iriam entender.

Esquece, esquece...

"O", uma pergunta: entre os orientandos brasileiros do Azariadis, quem V. acha que é o melhor economista, o da EPGE?

Querido Johnny,

Não dê bola aos comentários irônicos e sarcásticos de "O", mesmo porque não é vc. quem ele chama de pigmeu "no sentido metafórico". O problema do "O" é que ele está velho, cansado e frustrado.Vc. bem sabe que os velhos tendem a ficar mais despudorados.Como seus inúmeros pares, pessoas inteligentes com boa formação em economia, "O" está cansado de tanto pregar no deserto, achando que com argumentos racionais e científicos, construindo modelos teóricos e levantando evidências empíricas, é possível convencer os heterodoxos de alguma coisa. Não, querido Johnny, não dá. Dá para entender porque "O" está frustrado, não? Perdoe-o então, pela sua rabugice.

O nível da EPGE deve estar diminuindo mesmo. Um aluno de primeiro ano com tempo de escrever email e ler blogs? Essas listas devem estar ficando fáceis demais....

Não sou bairrista (vamu corintia!), mas entre os orientados pelo Azariadis acho que o rapaz da USP é melhor do que o da EPGE. Não, "O"?

Concordo. O rapaz da USP é MUITO melhor que o da EPGE. O da UNB teve bons momentos, um paper no RESTUD -- revista TOP --, o que o USPIANO ainda não teve. No entanto, sua pesquisa é de altíssimo nível. Vislumbro um top journal em breve.