teste

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Grande notícia

Meirelles diz que fica.

Grande notícia para nós, trocadores de dinheiro do templo :)

Melhor ainda para nossas instituições.

Reações:

17 comentários:

escapamos do babosão ou do coitinho

mas tá na cara que foi blackmail...


Doutrinador

besteira, O

teoria da conspiração boba minha

Dout

Será que escapamos ?? Melhor aguardar 2011...

Aproveitando a deixa, deixo uma pergunta para os blogueiros:

banqueiros centrais de Dilma e Serra?? Palpites?

Abre o jogo... Quem diz "teoria de conspiração" geralmente são os conspiradores... Ou você acha que o mundo não eh controlado por uma cabala e o Daniel Dantas?!?!!

cabala, DD e a famosa banca, em reunioes mensais :)

são pensamentos diversos, que fazem sentido...responde meu email e eu abro o jogo

Creed

Um dos maiores sucessos da internet em março.
Quatro milhões de exibições.

Eis a prova de que, apesar de todos os horrores, o regime soviético era capaz produzir verdadeiras obras de arte.

O que segue abaixo é uma mensagem de alegria, paz e solidariedade. Letra e melodia se unem para tocar o fundo de nossa alma.

http://www.youtube.com/watch?v=oavMtUWDBTM

Abraços do Pai Alex.

Eu recebi o seu e-mail, mas não consigo responder na minha conta do live.com devido a algum bug no meu laptop (estou viajando).

O Serra deverá utilizar parte de sua equipe da área econômica e financeira. A Eliana Cardoso é amiga e admiradora do Serra. O Serra era chegado à turma da UNICAMP (era, não sei se é mais. Se de fato for inteligente deverá fugir deles).
A Dilma deverá utilizar parte da equipe atual mais chegada a ela (alguém da UNICAMP deverá ser utilizado).
Mas não acredito que um presidente irá colocar o sucesso de seu mandato em risco utilizando esta turma que dá preferência ao poder discricionário em política monetária.
Quando verificar que colocará em risco o sucesso de seu governo para privilegiar minorias com política cambial protecionista também fugirá disto (mas é bem possível que um retrocesso ocorrerá para ser corrigido).

Eu já não comemoro isso.
Teria sido notícia muito melhor a de que o Henrique Meirelles saísse para ser o candidato a vice da Dilma...
O meu medo é o que pode vir em 2011.

Mas o meirelles fica por que não conseguiu sair. Não foi escolha dele.

Foi derrotado politicamente.

Como político, ele é a cara do PMDB, ou seja, não tem cara, tanto pode sair aliado do PT quanto casar com o PSDB, tudo dependendo, é claro, das circunstâncias de momento.

Presidencia do BC deveria ser igual a do FED, sai aposentado !! Volta no maximo como consultor.

Não elimina, mas reduz a vulnerabilidade politica da instituição. O que não dá pra engolir é o cara tocar o BC de olho nas próximas eleições.

Roberto

‘Teria sido notícia muito melhor a de que o Henrique Meirelles saísse para ser o candidato a vice da Dilma...’

Discordo!! Seria péssimo para o Brasil se Meirelles saísse como vice de Dilma. Isto transformaria o cargo de presidente do Bacen em uma plataforma política.

"O", respeito seu ponto, mas continuo discordando.
Seu ponto é sobre o ideal... num mundo ideal, o presidente do BC sairia aposentado. Concordo com isso.
Porém, hoje o que eu temo é que o projeto do PT, na verdade, é o oposto do mundo ideal. Os nossos vizinhos (e aliados ideológicos do PT) estão usando e abusando do arsenal de idéias idiotas da heterodoxia.
Condicional ao que o PT pode fazer de besteira caso a Dilma tenha uma vitória consagradora, ter o HM como Vice Presidente seria excelente. O que não exclui o fato de que, incondicionalmente, um presidente do BC não poder exercer cargo eletivo seja uma boa idéia.

Galego,

Explica para mim então que poderes o Meirelles-como-vice teria para reduzir o impacto das “idéias idiotas da heterodoxia”.

“O”

Hehehe

Isto é igenuidade política, meu caro galego.

Teve um político conservador na alemanha dos anos 30, se não me engano era o Von Papen, que era uma espécie de Meirelles, virou vice-chanceler de Adolf Hitler, na tênue esperança dos conservadores de que VonPapen pudesse "controlá-lo" se estivesse próximo o suficiente dele.

Como se viu, não controlou nem influenciou em absolutamente nada.

Roberto

O Meirelles seria um contraponto às maluquices Made in Campinas como VP da mesma forma com que tem sido, há 8 anos, como Presidente do BACEN.
Achei descabida a comparação com o Vice-Chanceler do Hitler, pois o PT é um partido que, embora tenha um autoritarismo, aceita governar dentro de uma coalizão (ao contrário do antigo Partido N S dos Trabalhadores da Alemanha).
O que talvez seja ingenuidade política é festejar que o Henrique Meirelles não seja candidato, como se fosse um grande avanço institucional, ao mesmo tempo em que uma vitória da Dilma sem ninguém como contraponto pode aniquilar inclusive a independência informal que o BC teve nos últimos 15 anos.