teste

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Chávez e a imbecilização da Venezuela


Alguns amigos venezuelanos já haviam chorado no meu ouvido sobre o esvaziamento da capacidade intelectual daquele país uns cinco anos atrás pelo menos. Assim como conheço cientistas colombianos que retornaram a seu país graças ao sucesso estrondoso do governo Uribe na questão de segurança e crescimento econômico. Mas nada como os dados para mostrar e o blog cienciabrasil mata a cobra e mostra o pau. Siga o link aqui.



Um dos maiores desastres de política social do chavismo aconteceu na saúde (fonte: leia o que dizem as revistas especializadas). Mas não só os hospitais bolivarianos foram abandonados às moscas, mas também a pesquisa em medicina segundo o site do Scimago (de onde foi tirado o grafico acima).

Reações:

9 comentários:

Um retrocesso no país vizinho; o comunismo e o socialismo lero-lero já eram; contudo, para ditadores, que isto importa?
A PDVSA, principal fonte de receita governamental, está em declínio; e este governo ainda consegue captar recursos externos, é mole?

Muito interessante o grafico, que cientificamente apresenta nada em funcao de porra nenhuma. Mas evidentemente que o querubim de Judah teria uma justificativa genial para isso. E quem discordar obviamente e' um analfabeto funcional.

Para o leitor desavisado: querubim de Judah nao e' uma expressao de anti-semitismo. E' apenas uma forma de manter o protesto contra profunda ofensa 'a fe' crista quando o bloguista concretamente descreveu Jesus como um charlatao.

Esta ofensa pode ser visualizada em cometario no post "Nassif de novo".

"querubim de Judah nao e' uma expressao de anti-semitismo."

Ah, bom. Deve ser em outra língua...

"Para o leitor desavisado: querubim de Judah nao e' uma expressao de anti-semitismo. E' apenas uma forma de manter o protesto contra profunda ofensa 'a fe' crista quando o bloguista concretamente descreveu Jesus como um charlatao."

Permaneço mais desavisado ainda...
Explique melhor por favor.


a

O anonimo-anti-querubins-de-judah poderia aproveitar a excelente oportunidade para defender a excelente abertura de um canal de intercâmbio de pesquisa econômica entre o IPEA e Caracas. Lá em Caracas, "os grandes temas envolvidos são macroeconomia e financiamento de investimento, acompanhamento e monitoramento de políticas públicas".


a

Imaginemos o tamanho do estrago caso o preço do petróleo estivesse no padrão dos anos 1990.

Além de covarde – afinal não conheço nenhuma outra justificativa para alguém se agarrar à religião do que a covardia – o anti-querubim-de-Judah é incapaz de interpretar textos.

Eu nao disse judeu-isso-ou-judeu-aquilo. Querubins e' a posicao na qual voces se colocam: sempre mais inteligentes do que os outros - embora sem evidencias - sempre mais eticos do que os outros, embora as evidencias sejam ao contrario.

Quem tocou em religiao aqui foi voce, O.

Quem sabe para poder se refugiar no coitadismo do anti-semitismo, caso alguem se recusasse a aceitar a afronta.

Kleber: Vai tomar seu Haldol.