teste

domingo, 5 de dezembro de 2010

17 comentários:

О! Wirklich wie das grafische Design und Navigation der Website, angenehm für die Augen und gute Inhalte. andere Orte sind einfach viel zu überfüllt mit hinzufügt

Há um outro vídeo neste estilo que assisti faz um tempo. Assim que achá-lo, publico.

Muito manero isso.

Solow está certo!

A China vai ultrapassar os EUA em 2030.

http://www.youtube.com/watch?v=PHhdNEKwN50

PIG

esse site é muito bacana...
http://www.gapminder.org/
dá pra ver vários tipos de combinação de variáveis econômicas e demográficas ao longo do tempo, de um jeito bem entretente!

mas será que realmente caminhamos prum mundo onde todos serão ricos e saudáveis?

Eu não pude entender o vídeo, completamente, meu inglês é sofrível; o que consegui compreender, salvo mais um engano meu (são incontáveis, de passagem), é o discorrer, no tempo, do aumento da expectativa de vida e da riqueza da humanidade - estratificada sob nações.
Capital, trabalho, crédito e endividamento soberano sendo operados no tempo e gerando bem-estar material e social, auferidos pelos índices.
Um mudança rápida, sem dúvida.
Vem à mente bancos centrais, governos e administradores de recursos financeiros operando retrações e expansões econômicas.
Tal sistema, continua gerando avanços no conhecimento à base do consumismo. Aspirações, conceitos, necessidades e desejos sendo mudados.
Assombroso, sem dúvida.
Penso no nosso Brasil; o que ele poderia ter sido se tivesse tido melhores administradores públicos, "vulgo" estadistas.
Agora, o que vejo, é um envelhecimento da população antes de vir à existência uma melhor distribuição de renda e riqueza.
Gostei do vídeo.
Pena não poder desfrutar de todo o material mostrado.

It will all fall down when total war comes and it will come.

Não da pra levar este cara a sério. Não passa de um "modelista" do equilíbrio... como escreveu no próprio blog, não sabe de onde vem a curva de demanda. Talvez ele pense que esta venha do livro do Varian.

Como um bom ortodoxo, assim como os visitantes deste blogo, dificilmente o Sr. em questão leu Walras, jévons e talvez tenha passado por Marshall de maneira sofrível.

Existe uma grande diferença entre a Ciência Econômica (como Economia Política), a Economia das leis naturais e "fundamentada" com regras rígidas (que respeito como vertente de pensamento) e a retórica econômica (como vemos hilariamente neste blog). Enfim, por vezes vale a pena passar neste endereço para ver as novas (velhas) retóricas.

Deixo abraço uma boa leitura para a "discussão".

http://www.administradores.com.br/informe-se/artigos/por-que-a-china-e-a-china/49713/print/

Abraços fraternos
Paulo

e aí vai a minha dica: a instrutiva participação de fred mishkin no filme "inside job":

http://www.imdb.com/video/screenplay/vi3905226265/

abs
sgold

Alex,

o que vc acha da tese da convergência, absoluta e convencional?

Como vc gosto de dizer, o que Vossa Excelência, a evidência, já te disse a respeito?

Alguém sabe quando Inside Job estréia no Brasil?

Um abraço do Pai Alex.

Doutorado virtual. Imperdível. Se eu pudesse, iria e filmaria tudo.

Doutorado em Economia
17/12/2010

Área: Política Social

Titulo: As Bases do Novo Desenvolvimentismo: Análise do Governo Lula

Autor: Aloizio Mercadante Oliva

Orientador: Mariano Francisco Laplane

Data: 17/12/2010

Local: Auditório prédio principal
Hora: 10h

Banca de Defesa

Docentes do Intituto de Economia

Carlos Alonso Barbosa de Oliveira - Suplente

João Manuel Cardoso de Mello - Titular

Maria da Conceição de Almeida Tavares - Titular

Eduardo Fagnani - Suplente

Banca de Defesa

Docentes Convidados (Externos)

Ricardo Abramovay (USP) - Suplente

Luiz Carlos Bresser Gonçalves Pereira (USP) - Titular

Antonio Delfim Neto (USP) - Titular

http://www.eco.unicamp.br//biblioteca/calendario.php

PS: Mercadante titulou-se mestre no finalzinho dos anos 80. A dissertação teve como objeto os metalúrgicos de São Bernardo. Enfim, um panfleto.

Queria saber qual foi o truque que ajeitaram por lá para revalidar os créditos do doutorado. Que eu saiba, há um prazo limite para a validade dos créditos. Eles caducam depois de um tempo, se o doutorando não apresentar a tese.

Um caso de "revalidação criativa" a partir do conceito de "notório saber"?

O Lattes do orientador de Mercadante informa que ele é o atual Diretor de Unidade no IE.

Para os mais curiosos, a "Produção em C,T & A" do professor orientador é evidência para a verdade deste dito mineiro: "um gambá cheira o outro".

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4794306T6

Uma desfaçatez com os professores que ralaram anos e que trabalham duro na prestigiosa universidade paulista.

Do do Lattes do professor Mariano Francisco Laplane, orientador do doutorando Mercadante.

Indicadores de produção C, T & A dos anos de 2007 a 2010

Tipo de produção

Produção bibliográfica: 2007: 1; 2008: 2; 2009: 0; 2010: 0

Produção técnica: Zero no período 2007/2010

Orientação concluída: Zero no período 2007/2010

Produção artística/cultural e demais trabalhos: Zero no período 2007/2010

http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhepesq.jsp?pesq=6488671696530391#indicadores

"Como vc gosto de dizer, o que Vossa Excelência, a evidência, já te disse a respeito?"

De maneira geral, a evidência sugere que a tese da convergência condicional não é rejeitada pelos dados, i.e., o steady state não é comum, mas o coeficiente associado ao PIB per capita inicial é negativo e signficante.

Eu achei evidência de convergência absoluta para os estados brasileiros no período 1970-85 (com boa vontade, no período 1948-1969 também), assim como Barro e Sala-i-Martin. Neste caso, porém, parece razoável supor mesmo que o steady state seja comum.

Mas faz tempo que nao mexo com isto. Alguém sabe de algo diferente?

Abs

Alex

Plataforma Lattes

Resultado da Busca

Nenhum resultado foi encontrado para: Aloizio Mercadante Oliva

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/busca.do?metodo=apresentar

Recomendo fortemente a leitura do post "Mi sobrina y PISA" do Jesús Fernández Villaverde no blog espanhol Nada es Gratis: http://nadaesgratis.es/