teste

terça-feira, 27 de julho de 2010

Ethevaldo Siqueira, "pega leve"?


Ao comentar o artigo do Professor Bresser Pereira sobre a privatização da telefonia brasileira, o bom jornalista Ethevaldo Siqueira cometeu alguns crimes de complacência excessiva (aqui e aqui):


“BRESSER, IRRECONHECÍVEL”

“tenho respeito e admiração pelo professor Bresser”

“Manifesto essa surpresa porque poucas vezes discordei tanto de um economista e
intelectual que aprendi a admirar ao longo dos últimos 30 anos”


Caro Ethevaldo, vamos deixar de ser complacentes com a mediocridade e estupidez. Não há nada de irreconhecível no discurso recente do Professor Bresser Pereira sobre a privatização das telefônicas. Meu deus, quando que ele falou algo que fazia sentido para alguém prestando atenção?

O Professor Bresser Pereira não merece ser tratado como uma autoridade ou intelectual de respeito. Sua obra é medíocre, seu texto e a qualidade de sua argumentação não impressionariam em uma classe de graduação, e depois de várias décadas de prosa desbilolada, ele conseguiu amadurecer do marxismo comprado no Pão de Açúcar para um keynesianismo de quermesse monotemático em sua defesa de uma piora na defesa de uma depreciação cambial visando a maior concentração de renda no Brasil (sim, é essa a tese dele!).

Ethevaldo, leia o que o Professor Bresser Pereira escrevia em seu “Desenvolvimento e Crise no Brasil” tantos anos atrás… Lá mesmo onde ele descreve a crise dos anos 70 como uma crise de ‘underconsumption’ e pomposamente, pimpão, 'desancava' a visão ortodoxa que tal crise era algo relacionado com a alta nos preços do petróleo… Ou lá também ele afirmava que a inflação era causada pelo conflito distributivo:


The cyclical slowdown provokes an increase in the rate of inflation, to the extent that inflation becomes a mechanism to defend the accumulation process. In reality, the more general cause of inflation is the class conflict over duistribution. In Brazil, because of the political weakness of the working class, inflation is fundamentally a fruit of continuing attempts by the capitalist class to increase or at least maintain its rates of profit during the cyclical slowdown). [Meu comentário: pode alguma pessoa inteligente duvidar que o Brasil sofreria um surto hiperinflacionário após termos como Ministro da Fazenda o autor dessa pérola?]

Já está na hora de romper o pacto de mediocridade.
Devemos ser polidos na vida privada com pessoas que pensam diferente ou diferentemente, mas quando ideias destrutivas enveredam na vida pública, é nosso dever não medir as palavras.

Reações:

19 comentários:

Concordo plenamente.

Mas nosso problema é crítico, nós formamos milhares de analfabetos funcionais por ano. E para o analfabeto funcional, que é incapaz de julgar por si se algo é logicamente coerente, o discurso de autoridade vale tudo. Mais ainda, quando alguem aponta as sandices dos picaretas de plantão, os analfabetos funcionais acham que é mera questao de opinião ou ideologia.

Pior do que um ignorante sem escola é o ignorante com diploma... de doutor.

Você não faz idéia de quantos alunos mediocres já tive que aguentar, que não eram capazes de tirar mais de 3 numa prova de análise. Aí vem um dr. Picareta, passa a mão na cabeça do pessoal e os diploma. Não por coincidência, sao esses que depois viram prole do bresser. Mas o que esperar de alguem que nao consegue encadear logicamente mais do que duas proposições?

Abraços desesperançosos

Mas O você foi injusto com o ethevaldo, a critica dele com toda sua elegância não pecou por excesso de complacencia.

Acho que foi bem rispido, mas ao estilo congresso nacional: "vossa respeitável senhoria é um ignobil".

pois é... esse doido varrido é patrono da infame AKB, junto como estrelas como Mario Possas e Fernando Cardim.

O que fizemos para merecer isso?

Clap, Clap, Clap, Clap!

Bravo "O"!

Fui duro com o Ethevaldo? Espero que não. Deixo registrado aqui: no livro do Tio “O”, Ethevaldo Siqueira é um herói brasileiro por sua defesa da privatização das telecomunicações datando desde o começo dos anos 90 (ou antes). Ethevaldo Siqueira estava certo então, continua certo agora.

“O que fizemos para merecer isso?”

Nossos antepassados não construíram escolas.

Saibam todos quantos leem este que o BP tem notáveis contribuições no campo da administração pública. Mas é verdade que seguir a opinião do professor em assuntos de economia é viagem garantida ao inferno.

“Saibam todos quantos leem este que o BP tem notáveis contribuições no campo da administração pública.”

Se você puder contar para nós sobre as “notáveis contribuições” de Bresser Pereira no campo da administração pública, eu prometo escrever um post exaltando o bufo.

De todo modo, não vou prender a respiração esperando que você escreva sobre as “notáveis contribuições” do bufão.

Quem quiser se divertir, vale a pena ler a entrevista do Professor Emério BP no "Conversas com economistas brasileiros". Cada pérola que ele manda, uma verdadeira obra de ficção. Dentre outras, diz que o Pastore não conseguiu acabar com a inflação brasileira, quando foi presidente do BaCen, pq não leu os papers que ele havia lhe mandado, de sua própria (do Bresser) autoria. De rolar de rir...

http://www.planalto.gov.br/publi_04/colecao/plandi.htm

O Plano Bresser de Administração Pública é uma boa ideia, mas profundamente marcada por wishful thinkings.

Por exemplo, pressupõe que o controle da adm. por organizações sociais e por conselhos municipais substitua as auditorias e as regras burocráticas de licitação.

Como se "fiscalização" não fosse um bem público, com forte incentivo a sermos free riders.

Romero

O, já que o querido Bresser não deve ser levado a sério, a carta de recomendação, que possibilitou o ingresso do Alex em Berkley, deveria ter sido recusada e sumáriamente destinada para o lixo?

Economista sabidão - Aquele que repete factóides.

Alex ou "O" alguém teve Dionisio Carnero como Professor?

Alex e O, vcs recomendariam algum mestrado acadêmico para alguém que não quer sair de SP? Fora a FEA...
Na GV-SP ninguém presta? As USPs do interior (ESALQ/Ribeirão)?
Obrigado!

Eu tenho de concordar com o Leo, o Ethevaldo estava tocando o violino dele aqui na Granja antes de atacar o BP dessa forma tão educada e suave.

Se o velho Ethevaldo for colocar a ira dele para fora ele morre de AVC ou enfarte dada a avançada idade, assim e foi suavemente como um solo de violino, pois várias vezes ele é a única voz no domingo a dar um estocada nas sandices do governo na área de telecom.

Alex o Carlos Kirjner que fez o plano de banda larga do Obama vai falar na ABTA nos dias 10 a 12 de Agosto.

Vai ser interessante ver a visão dele comparada com essas idéias das sumidades do atual governo e quem sabe o Ethevaldo bate mais um pouco de forma elegante.

Luiz

Este post vai ficar sem resposta?:

"O, já que o querido Bresser não deve ser levado a sério, a carta de recomendação, que possibilitou o ingresso do Alex em Berkley, deveria ter sido recusada e sumáriamente destinada para o lixo?"

Saudações,
Eduardo.

Calma, essas revelações não podem sair dessa forma... pega mal...

Não é a toa que a condiçao imposta pelo sarney, à nomeaçao, (pós indicaçao do ulissez)foi de que se escolhesse um vice-ministro nordestino (Maílson)...

Alex vc eh ridiculo! Que tal produzir algum paper de verdade e submete-los aos congressos e revistas nacionais ou internacionais...Fazer criticas em blogs ateh uma mula faz! Voche nunca vai ser 10% da historia de vida profissional do Bresser Pereira, isto, apesar de nao concordar com ele em muita coisa...
Vamos lá cara, se sobra tempo para ficar em blogs de madrugada, que tal produzir ciencia de verdade!

Shalom!

Moshe Dyen.