teste

domingo, 11 de novembro de 2012

Perguntas aos leitores

  1. 1. Imagine a seguinte situação. Dois blogueiros de economia esbarram em evidência incontestável de comportamento eticamente questionável de um professor de economia. Seria este um tema interessante para um post?
a.     Sim.
b.     Não.

  1. 2. Se você respondeu (a) à pergunta anterior, qual o melhor momento para um artigo apresentando evidência incontestável de comportamento eticamente questionável de um professor de economia?
a.     Na semana anterior ao encontro da ANPEC.
b.     Depois do encontro da ANPEC.

Reações:

39 comentários:

Eu publicaria na semana anterior ao encontro, para poder estimular/direcionar o debate (afinal, é para isso que o evento serve fundamentalmente, não?).

Mais pistas:
- De qual regiao geografica?
- Qual sua area tematica?
- Ele ja comprou a passagem p P de G?

Anterior
Temos que empreender um esforço para acabar com esses pseudo intelectualoide o mais rápido pois o estrago e prejuízo em termos de idéias e enorme .
Jcw

Minha resposta é "a" para as duas perguntas.

1 a
2 a

Sem dúvida alguma. Faço meu primeiro ano de graduação em Economia e sofro com essa questão da parcialidade e sujidão científica de muitos professores. Alex, quanto maior o estrago melhor, passou da hora de termos um choque de realidade.

A,a
Jerry! Jerry! Jerry! Jerry!

Chega de hipocrisia e de colocar os acadêmicos num patamar de intocáveis. Passou da hora de caírem as máscaras... Letra "a" para ambas!!

Isso aqui não é novela nem VC DECIDE, fala logo do que se trata.

1.1 = a
1.2 = a

Escreve logo vai! para de valorizar.
abs

Flavio Dias: Por que B na segunda pergunta?

Seria o caso de ser abordado o caso citado, sim.

Depois da ANPEC, para que as discussões da entidade não tenha viés.

1ª. a
2ª. b

Este comentário foi removido pelo autor.

Analisando o jogo, o que leva os dois blogueiros a fazer este post prévio?

1) Elevar as expectativas e audiência para quando vier a denúncia per se - em outras palavras, aumentar a repercussão;

2) Deixar o acadêmico em questão apreensivo, e talvez até estimulá-lo a antecipar a denúncia e admitir o problema;

3) Não há provas (notem que o post comenta uma situação hipotética, a princípio), mas este post pode fazer alguns acadêmicos passarem calor e talvez até provocar comportamentos do tipo (2), descrito acima.

4) Nenhuma das anteriores?

refaço o questionamento do Anonimo das 21:34.

Mais pistas:
- De qual regiao geografica?
- Qual sua area tematica?

abs

André

Primeira resposta: Sim, trata-se de um post "must".
Segunda resposta: Antes da ANPEC.

" "O" Anonimo disse...
Flavio Dias: Por que B na segunda pergunta? "

Nada em especial....achei que com mais tempo, mais evidências poderiam ser coletadas e o texto melhor escrito.... só isso..

1.1 = a
1.2 = a

Com certeza trata-se de plágio.
Tire a máscara do farsante o mais rápido possível.

1.A)
2.A)
Entretanto acho que o acadêmico em questão dever espaço para contra argumentar. Sinto falta de debates mais acalorados porém embasados!
F.Carvalho

Voto em a) para a pergunta 1. A resposta à pergunta 2, no entanto, depende de se a "má conduta moral" está ou não relacionada com a atividade acadêmica do suposto professor. Se sim, então meu voto seria a), para deixar claro que qualquer trabalho que o economista apresente pode ter bases duvidáveis. Se não, escolheria a opção b), para não comprometer a integridade do debate acadêmico no nível das ideias.

Se isso é sobre as acusações oreirísticas de pederastia, saibam que não é nenhum grande furo jornalístico. Há tempos abundam rumores nos corredores da UnB sobre o assunto. Aparentemente existiam até mesmo indícios inconclusivos do acontecimento, mas estes parecem ter sumido da internet.

Que coisa mais patética.
É triste ver um adulto com uma postura tão infantil e ridícula como essa.

"O" e Alexandre,

depois de dez anos do último default já não está na hora dos ermanitos cagarem de novo? Faz tempo que vcs não escrevem sobre a groselha economica argentina, como vcs veem essa papagaiada da reestruturação?
sds

tungada:

http://www.valor.com.br/empresas/2901686/socios-pedem-eletricas-que-nao-renovem-concessoes

Obviamente, a resposta para a primeira pergunta é sim.

Quanto a segunda pergunta, escolha a que você achar melhor, pois seja qual for a escolha, você será critícado de qualquer maneira, não importa a ordem dos fatos.

Existirá pessoas que estarão em lados opostos do espectro de opinião, bem como a multiplicidade de motivações para cada escolha que você faça.

"O" Anônimo,
Primeiro deveria ficar acertado sobre o que se entende por "comportamento eticamente questionável".
Se se trata dos princípios éticos que moldam uma sociedade mediante suas instituições, suas regras e suas normas configurando assim um ordenamento jurídico, então tem-se um comportamento que infringe a legislação. Em caso assim o mais correto é apresentar a denúncia ao Ministério Público. Se houver entendimento que a ação deve correr em sigilo, talvez só restasse aos dois blogueiros fazerem menção a uma denúncia que apresentaram ao Ministério Público, mas que deve correr em segredo de justiça.
Agora se por "comportamento eticamente questionável" se referisse à ética individual dos dois blogueiros é claro que se trata de tema para post em um blog de economia mesmo que o questionamento não seja na área econômica, pois o questionamento é importante para que o blogueiro revele ainda que só em pequena faceta a ética que ele defende.
Cada post é sempre uma forma de compreensão da ideologia de quem escreveu o post. Um post com uma denúncia do que seria para o denunciante um "comportamento eticamente questionável" torna o blogueiro mais transparente para o seu leitor.
Quanto a segunda questão, talvez por eu não ser economista, eu não a compreendi e assim a minha resposta torna-se sem significado.
Clever Mendes de Oliveira
BH, 16/11/2012 (Em Pedra Azul)

E aí velho, afinou?
Cadê a bomba sobre a ANPEC?
Não vai dar nenhuma satisfação aos 18 leitores?