teste

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Por que votarei nulo


Defendo a democracia liberal, caracterizada pelo respeito às liberdades individuais, dentre elas a liberdade de expressão, a conquista do poder pelo voto popular e a possibilidade real de alternância de poder. Do ponto de vista econômico sou adepto do livre mercado e favorável à existência de alguma rede de proteção social, bem como de políticas que facilitem o acesso à educação.

Com base nisto votei em João Amoedo, do Novo, no primeiro turno das eleições presidenciais e irei anular meu voto no segundo turno.

Tenho criticado com certa frequência o programa econômico de vários candidatos, precisamente por não estarem de acordo com o que acredito ser o melhor para o país. Isto é mais nítido no caso de Fernando Haddad (e do eliminado Ciro Gomes), cujas propostas, se implementadas, nos levariam a um desastre como o vivido recentemente por conta da Nova Matriz Econômica, cuja responsabilidade, é claro, é de Dilma Rousseff e do PT.

No caso de Jair Bolsonaro, como pude expressar na última semana, as críticas não são relacionadas diretamente ao programa econômico (que, de qualquer forma, é para lá de vago), mas ao que acredito ser a baixa probabilidade de adesão do candidato a uma plataforma realmente liberal, expressa, entre outras coisas, na privatização das estatais que ele considera “estratégicas”: Petrobras, Eletrobrás, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal (o resto é perfumaria).

Hoje, porém, quem escreve não é o economista, mas o cidadão que acredita no modelo de democracia breve e imperfeitamente descrito no primeiro parágrafo. Neste quesito ambos os candidatos deixam muito a desejar.

Elogios à ditadura militar, louvor a um conhecido torturador e outras manifestações do mesmo calibre tornam impossível para mim votar em Bolsonaro. Simplesmente não cabem no meu credo, mesmo que fosse possível acreditar em sua conversão ao liberalismo econômico e à austeridade fiscal.

Quanto a Fernando Haddad, bem, em nome da transparência, fomos colegas de mestrado (e, não, ele nunca “colou” de mim, nem do Naércio Menezes), eu o considero um amigo (não sei se a recíproca é verdadeira, mas espero que sim) e uma pessoa de bem. Representa, todavia, forças políticas cujo compromisso com a democracia me convence ainda menos que o liberalismo econômico de Bolsonaro.

Aqui me refiro tanto a propostas concretas (“adormecidas” no segundo turno) – na linha da convocação de uma constituinte e manobras pouco disfarçadas de controle da mídia – como ao histórico do PT, inclusive sua recusa descarada em aceitar decisões do Judiciário. 

Sua autocrítica não vai além do lamento de não terem conseguido controlar instituições como o Ministério Público, a Polícia Federal e as Forças Armadas, além, é claro, de “democratizar a mídia”. Isto sem esquecer do “guerreiro do povo brasileiro”, o condenado José Dirceu, que recentemente proclamou que o partido pretendia “tomar o poder, que é diferente de ganhar uma eleição”.

Que me desculpem os amigos que pretendem votar no Fernando em nome da defesa da democracia, mas um partido com tais posições não tem qualquer comprometimento com a causa democrática, além de usá-la como trampolim para “tomar o poder”.

Só me sobra, portanto, anular o voto e torcer para que na próxima eleição apareçam candidatos com posicionamentos mais próximos ao meu, de preferência com reais chances de serem eleitos.

Boa escolha a todos.




(Publicado 24/Out/2018)

Reações:

25 comentários:

No fundo o senhor gosta do PT.Bolsonaro recebeu telefonemas e elogios de grandes estadistas:Donald Trump,Benjamin Netanyahu.

Bolsonaro montou uma equipe econômica liberal,diferente do seu rival,além de defender :A família,O direito do cidadão de bem portar uma arma,tipificar as invasões do MST como terrorismo.

A sinalização dele e :Para um banco central independente,Para uma abertura comercial unilateral além da sinalização para aprovar a reforma da previdência proposta por Temer,precisamos aguardar.

Pergunta:
1. Vc é a favor do banco central independente ?
2. Vc é a favor da reforma da previdência ?
3. Vc é a favor da privatização ?
Etc.

Porque entao ser um isentão ?

"Porque entao ser um isentão ?"

Porque eu sei a diferença entre "porque" e "por que".

Fora isto, como qualquer alfabetizado conseguiria depreender do meu artigo, eu não voto em quem defende ditadura e paga pau para torturador. Simples assim...

"No fundo o senhor gosta do PT.Bolsonaro recebeu telefonemas e elogios de grandes estadistas:Donald Trump,Benjamin Netanyahu."

Ô, para com isto. Eu aqui gripado e você me causando acesso de riso... Sacanagem...

Bom lembrar que Bolsonaro pode aprovar a proposta do Arminio para a previdência.

Reforma da Previdência: proposta de Arminio Fraga prevê alívio de R$ 1,3 tri
Economia seria alcançada em dez anos. Plano, também assinado por Paulo Tafner, será analisado por Bolsonaro (Fonte: https://oglobo.globo.com/economia/reforma-da-previdencia-proposta-de-arminio-fraga-preve-alivio-de-13-tri-23203646)

Como que se o Futuro ministro precisasse de pitaco... esses daí já tiveram a vez deles; agora é diferente. Agora ... vai!!!! (regime de capitalizaçÃo indivdual - contas individuais no estilo do 401K estadounidense, RRSP canadense, etc.)

Concordo plenamente com quase todo o artigo . Todavia não votei nulo , votei em Bolsonaro . Não acredito que dois candidatos possam ser exatamente iguais ( para o bem ou para o mal) e penso que ,das opções disponíveis , Bolsonaro era o menos pior. E para ser sincero ( pelo menos até aqui) estou sendo agradavelmente surpreendido . Vamos esperar .

"O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética... O que me preocupa é o silêncio dos bons" MLKing

Churchill tbm falou algo parecido quando a europa se curvava para o nazismo

A despeito da minha admiração pela sua técnica, neste quesito, acredito que 1 dia vc irá rever isso, ou eu. O tempo dirá.

Não tiro a sua razão sobre a falastronice do candidato, mas no segundo turno???


Sempre soube que o Andrade era o ser mais perigoso gestado nas entranhas do PT, de fala mansa, educado, articulado, sedutor, amigo das elites, mas armado até os dentes, passou uma vida estudando como melhorar os soviets. E vc caiu na trap!

"Não tiro a sua razão sobre a falastronice do candidato"

Falastronice é uma coisa; pagar pau para torturador é outra...

Alex, sua retidão moral neste tema é derivada de sua fé? Se sim, parabéns. Se não for por isso, parabéns, também.

Justo seu posicionamento. O mito fala muita merda mesmo.

Dúvida:

Continuaria isentão se as pesquisas mostrassem muita indefinição no resultado? Tipo 50/50.

"Alex, sua retidão moral neste tema é derivada de sua fé?"

Para ser sincero, sou ateu e não sei se tenho toda esta retidão moral. Isto dito, estaria mentindo se dissesse que a herança do judaísmo não pesa.

Obrigado e abs

"Continuaria isentão se as pesquisas mostrassem muita indefinição no resultado? Tipo 50/50"

Boa pergunta. A resposta é sim. Compromisso com a democracia é condição necessária para ter meu voto e os dois lados não a possuem.

O PT tinha compromisso com a Democracia? Bolsonaro está cercado por economistas liberais,além de ter nomeado Sérgio Moro para o ministério da justiça.

"O PT tinha compromisso com a Democracia?"

Se você soubesse ler, notaria que a resposta na coluna é "não"

"Bolsonaro está cercado por economistas liberais,além de ter nomeado Sérgio Moro para o ministério da justiça."

E desde quando isto muda os elogios à ditadura militar e as homenagens ao torturador?

caro Alex, vc disse
"Falastronice é uma coisa; pagar pau para torturador é outra..."


Realmente, houve tempos quando o candidato falava urubus, cobras e lagartos na mídia.

O senhor pode ver isso com vistas grossas, que estava apenas falastronando para chamar a atenção e desabafar o grito dos descontentes, ou o senhor pode levar a sério, mas aí o senhor precisa ser coerente e levar muito a sério o manifesto revolucionário comunista proposto pelo Andrade, sendo assim, ficar isento entra naquela situação que citei o Luther King.


Outro dado importante: o Coronel Brilhante Ustra publicou um livro: "Verdade sufocada", denunciado a máfia da Bolsa-ditadura que indenizou criminosos da esquerda e ignorou suas vítimas, ao passo que penalizou criminosos da direita e não puniu os criminosos da esquerda, sem falar que uma indenização em valores liquidos supera o do muitos militares em topo de carreira, mas isso é só a cereja do bolo da grande injustiça criada pela comissão da verdade, criada para atropelar a lei da anistia, mas apenas pelo lado canhoto da estrada.

Com o tempo, o Senhor, sábio que é, irá rever sua posição e estou certo, dirÁ: Me enganei, bom para o Brasil

Abraços, com o mesmo respeito e admiração de antes, pessoas erram, ou eu ou o senhor errou. A ver!

"mas aí o senhor precisa ser coerente e levar muito a sério o manifesto revolucionário comunista proposto pelo Andrade,"

Sugiro que leia o que escrevi: eu levei os dois a sério

" ao passo que penalizou criminosos da direita e não puniu os criminosos da esquerda"

Tem algo que sugira que o torturador não é um criminoso?

Em relação a ditadura,houve anistia.Importante é o governo Bolsonaro que está comprometido com valores democráticos.

"Em relação a ditadura,houve anistia."

E desde quando isto é salvo-conduto para louvar a ditadura?

"Importante é o governo Bolsonaro que está comprometido com valores democráticos."

Isto ainda não sabemos. Neste quesito o passado do presidente eleito é ruim; veremos o futuro.

Alexandre, em um exercício pessoal fiz uma lista de nomes que eu gostaria de ver no governo Bolsonaro. O seu foi um dos 2 primeiros que me vieram à cabeça junto com o Marcos Lisboa. Pergunto, você aceitaria um convite? Aceitaria colaborar com o futuro ministro Paulo Guedes? Abraço.

"Pergunto, você aceitaria um convite? Aceitaria colaborar com o futuro ministro Paulo Guedes?"

Não, pelos motivos expostos na coluna.

Eu sou Judeu,tenho Israel como minha segunda pátria,e Bolsonaro está com Israel independente do boicote que os países árabes ameaçam fazer ao Brasil.Para o senhor Israel não e importante,ou mesmo ter um governo que seja politicamente pró Israel?

"Para o senhor Israel não e importante,ou mesmo ter um governo que seja politicamente pró Israel?"

Ter um governo pró-Israel não me faz a menor diferença; ter um governo pró-Netanyahu faz menos ainda