teste

sábado, 11 de janeiro de 2014

Economia da Unicamp é tecnologia também!


Mais uma contribuição do departamento de Economia da Unicamp para a tecnologia farmacêutica brasileira: o indutor de vômito do ‘fessor’ Fernandinho zero-à-esquerda.


Funciona até para cachorros neo-liberais

Reações:

30 comentários:

"Na era neoliberal (1980-2002)" hahahaha

ta de brication uit me cara

"scholar social-desenvolvimentista" o que seria isso?

"Então, ele teria de demonstrar a razão pela qual as grandes economias do Capitalismo Liberal Ocidental crescem menos do que as grandes economias do Capitalismo de Estado Oriental"
Wtf??? Ele merece um bilhete so de ida p pequim

1980-2002? Era neoliberal? Desculpe, parei a leitura. Classificar os anos 80 brasileiros como "neoliberais" é uma piada de péssimo gosto. Com muitíssima boa vontade, podemos classificar de LIBERAIS (este é o termo correto) os anos 1993-2002. Isso com boa vontade rs Aliás, o que é neoliberal senão um termo inventado pelos partidos da esquerda brasileira para demonizar um estilo de gestão econômica que, sim, apresenta resultados fiscais melhores?

Patético. E pior ainda é a puxação de saco dele para ver se consegue algum cargo no governo.

Foi dureza ler isso Marcos Lisboa (digo, O "anonimo")

Será que ele vai liberar meu comentário lá ? Foi esse:

"... Pelo visto, ao querer dar um detach no conceito de neo-liberalismo vis-a-visa economia socialista-facista contemporânea, o author deve achar também que o animal "porco-espinho" é um tipo de porco... ou que... o mico-leão-dourado é um tipo de felino; intelectualmente desonhesto esse artigo..."

"1980-2002? Era neoliberal?"

Sinceramnete... fiquei a pensar aqui, fiquei na dúvida !

O Pres. GEISEL fundou mais de 200 empresas estatais, o que interferiu na economia, concentrando-a nas mãos do estado. Se criou novos impostos e tributação, isso eu não sei/me lembro. Mas que com essas estatais, o governo começou a morder o lucro do empresariado, isso começou - e, por definição "livre", isso se aproxima de um neo-liberalismo onde a economia sai da ação humana-privada e vai ser controlada pelo estado-indutor.

Olha ... estou quase concordando com o autor nessa

Bom .. refletindo aqui sobre meu comentário anterior (não demorou muito ... ehehe); neo-liberalismo teria que "fingir" a aceitação da atividade privada-capitalista para tungar os resultados dessa ação economica voluntária via tributação e imposto, tornando-se assim, sócio "oculto" do capitalismo.

Portanto ... aquilo lá da época do GEISEL ... foi facismo, mesmo !! (200 estatais !!! Putz ... era Tudo no Estado, nada contra o Estado, e nada fora do Estado, como fez Mussolini e GV)

" O Brasil perdeu só o centro da meta." parece piada de mal gosto!

" O Brasil perdeu só o centro da meta." Parece até piada de mal gosto!

Apenas, me pergunto: Esse "scholar" acredita no que fala? Veja como são, indistintamente, cruéis as alternativas com as quais certos indivíduos deparam na sua trajetória "intelectual"!

A era neoliberal começou em 1980. Afinal lei de reserva de mercado na informática, a jumenta Tavares chorando na televisão, Jeca Belluzzo e o João Manoel e o Luciano BNDES no governo são exatamente o que esperaríamos de um governo neoliberal...

Mas é isso mesmo. Fernandinho zero à esquerda é a cara do Brasil, assim como a novela das oito e a Dilma doutora em economia.

Como que um país que senta na frente da televisão para assistir Amor à Vida pode ter professores de economia melhores que Fernandinho zero-à-esquerda ou Presuntinho, terror dos banheiros de shopping?

Como que o país do Domingão do Faustão e da Xuxa pode ter uma presidenta com doutorado que não é de mentirinha? FHC foi uma aberração.

Lembre-se, Lula é admirador confesso de Khomeini, Hitler e Castro. Ainda assim, conseguiu se eleger presidente. Então por que não podemos ter o Belluzzo no Banco Central?

Às vezes acho que D'Anconia e John Galt tem razão e deveríamos deixar Dilma vencer de uma vez.

Eis uma chance para o Lobao fazer um debate do fernandinho com um economista liberal.

Caro "O", acho que você perdeu a chance de debater as ideias do Fernando ao invés de realizar ataques pessoais, como de costume... Essa postura contribui para a cultura brasileira em levar para o lado pessoal ao invés de debater ideias.

Olha o currículo do sujeito em Inglês...

Ele é analfabeto em inglês, também.

E por que você acha que pode haver um debate honesto e inteligente com aquela figura triste?

Nos comentários do post dele a figura diz que o período do Funaro foi neoliberal.
Deus, o que fizemos para merecer isso.

Mas é necessário agir com falta de educação? Se o tal professor é tão irrelevante, não seria mais adequado seguir em frente, ignorá-lo e evitar esses ataques pessoais que não trazem benefícios para ninguém? Sou leitor desse blog, gosto bastante, mas esse tipo de postagem não acho positivo, tampouco relevante.

Meu Caro,

Isso não vale um post...

Também parei de ler quando li: "Na era neoliberal (1980-2002)".

Eu não conhecia esse funcionário-público do setor de ensino. Que lástima, eihm !!!

Só no brasil par aindivídiuos dessa categoria prosperarem; eu, se fosse aluno de encomia da unicamp, pediria transferencia pois isso daí não serve para me ensinar por questão de honestidade intellectual dele para com os alunos e leitores do blog.

recomendo:


Por que a Inflação não caiu com o aumento da taxa de juros?
PARTES I e II
Adolfo Saschida


"http://bdadolfo.blogspot.com.br/

não tem tanta novidade, recomendo pela clareza do artigo muito bem escrito

Enquanto isso, no estado "neo-liberal" do professor:

"... No ano passado, o total de beneficiários e o valor gasto com o programa atingiram novos recordes. Foram 20,6 bilhões de reais, pagos a 14,1 milhões de famílias. O próprio Ministério do Desenvolvimento Social aponta que mais de 50 milhões de pessoas, ou seja, mais de 25% da população brasileira, são atendidas pelo Bolsa Família. É o equivalente à população da África do Sul ..."

Por Gabriel Castro, na VEJA.com

To chorando aqui, metdade do meu salário vai pro estado, pagar esse cara falar uma asneira dessas.

Fiquei curioso para saber quais autores "neoliberais" esse senhor leu na vida...

Marc Faber... escutando agora na Bloomberg ... (com a gostosona da Trish Reagan apresentando o show) ... alguém conhece ?

https://www.google.ca/#q=bloomberg+marc+faber

Diz o óbvio, mas como é bom ouvir o óbvio. Tá precisando (+) disso aqui no Brasil