teste

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

A desgraça de Santa Maria, RS


Estou ainda chocado com a notícia que veio de Santa Maria, RS.

Aos familiares das vítimas, duvido que alguma palavra que eu possa escrever lhes alivie a dor, mas não deixo de oferecer meus pêsames.

Mas ainda que seja um momento de dor para tantos, devemos fazer o que é necessário para evitar que tragédias como essa se repitam: cada um dos responsáveis pela operação de uma boate para 2000 pessoas sem saídas e luzes de emergência deve ir para a cadeia. 

O dono da boate deve ir para a cadeia (e em sua cela, deve dispor de uma navalha afiada para que possa se entreter solitariamente). O inspetor da prefeitura responsável por permitir a operação daquela boate deve ir para a cadeia. O chefe dos bombeiros de Santa Maria – caso seja provado que ele não se opunha à operação daquela boate – deve ir para a cadeia.  

Cada dia que se passa com os responsáveis pela morte de tantos em liberdade é uma afronta aos familiares das vítimas e a qualquer brasileiro que desempenha seu trabalho honestamente.

Reações:

19 comentários:

“O”
O prefeito de Santa Maria deve ir pra cadeia também, não?

Tá na hora do poder público (chefe de bombeiros, fiscais da prefeitura, etc.) também se responsabilizar por tragédias como a de Santa Maria.

Não considero apropriado apontar culpados no "calor do momento", mas com certeza existem responsáveis e estes deverão ser devidamente julgados e rigorosamente punidos. A imprensa do RS já está elencando uma sucessão de equívocos ocorridos na tragédia. Atos de imperícia, negligência e imprudência por parte de poder público, bombeiros, proprietários, músicos já estão sendo elencados. Mas de fato, o que mais me deixa indignado é que essa tragédia poderia ter sido evitada se leis municipais de segurança tivessem sido cumpridas. Mas nesse país não se cumpre leis... nem as leis da economia, que tb estão sendo violadas e a ponto de termos em curso uma tragédia econômica. Espero que o drama vivido por estas pessoas em Santa Maria-RS sirva de exemplo para todos, TODOS, neste país. Meus pêsames aos familiares e amigos das vítimas.

Muito justa essa palavra de solidariedade do "O" nesse trágico momento!
Podemos falar de "fatalidade", e devemos perguntar quantas fatalidades como essa poderiam ter sido evitadas, quantas poderão ser evitadas.
Que esses jovens não tenham morrido em vão na Câmara de Gás chamada,medonhamente, "KISS"!

O Brasil tem leis mais do que suficientes para evitar uma série de tragédias.
Mas elas não são cumpridas. A própria população, incluindo muitos dos que morreram nessa boate, ridicularizam leis sobre segurança. Nós todos sabemos muito bem disso.
O efeito é esse, a vida mostra da forma mais cruel o resultado da nossa falta de organização.
No trânsito, por exemplo, ninguém se comove mais com os números: 60.000 mortes por ano e 250.000 inválidos permanentes por ano, por falta de respeito às leis por parte dos condutores e das autoridades.
Será que vai ser assim também com incêndios daqui uns anos?

Lei Geral da Impunidade: quanto maior o número de responsáveis por um crime - doloso ou culposo - menor é a probabilidade de qualquer um ser punido.

pode colocar 35 na cadeia (eu sou a favor). pode pedir mais fiscalizacao (eu tambem sou a favor). mas o problema e mais embaixo. E o problema cronico de falta de respeito a "rule of law." O que vimos em Santa Maria foi um tragico exemplo das consequencias.

Se colocar-mos todos os donos de boate na cadeia 9tambem sou afvor), vai ser um barco no reveillon. se prendermos esses, vai ser um deslizamento nas proximas chuvas na regiao serrana do rio.. e por assim vai.

quem sabe meus bisnetos vao ver um brasil diferente. quem sabe havera uma reforma do judiciario e uma reforma legislativa...quem sabe...

Erros obvios e tipicamente brasileiros, um absurdo uma casa do porte nao ter sistema de Sprinklers... E pelo visto a Corpo de bombeiros não exige

Bicho quando rola corre corre em ambiente superlotado podia ser até estalinho que ia morrer 30,40 pessoas mesmo sem fumaça, nada, só pelo panico e pisoteamento

Exemplo, boate E2 em Chicago, onde 40 caras morreram numa boate cheia porcausa de um spray de pimenta .. É foda..

Alexandre, estamos unidos na indignação. Mas há mais por vir, porque esse é o padrão de segurança de muitos estabelecimentos do gênero.
Nesta segunda, 28/1, a Prefeitura de Curitiba declara na imprensa que dos 15 mil estabelecimentos do tipo (bares, restaurantes., lanchonetes, boates e baladas), 7 mil apresentam-se irregulares, com pendências que deveriam impedir seus funcionamentos. Os alvarás não estão regularizados, mas as biroscas estão funcionando a todo vapor.

Foi assassinato, devem ter segurado o povo em uma porta para os donos fugirem por outra.

Axel, também na E2 as normas de segurança não foram seguidas. Onde essas normas são bem feitas e seguidas não se observou esse tipo de coisa no século em que vivemos. Soube de algo assim, por exemplo, na Alemanha, Suíça, Áustria, Noruega, Japão, Cingapura, Canadá, Nova Zelândia, Holanda, Austrália? Já no Brasil, houve ou outro caso bem parecido em BH no ano de 2003 e não duvido que haja outros visto que aqui, todo ano na época de chuvas, vários pessoas morrem em deslizamentos de terra bastante previsíveis.

Y.

Vou fazer um comentário sem conexão com essa tragédia.
É que fiquei intrigado com o seguinte. O Tombini voltou de Davos e já mandou o Dólar para baixo... Aí pessoal, o que vocês acham?
Alguém tem notícias sobre o que foi discutido nas reuniões fechadas?

Os economistas de plantão deste blog, bem como seu dono, poderiam comentar algo sobre a coluna do Delfim de hoje no Valor?

Uma bela discussão...

A mulambada do CREA deve ir pro xilindró tb?

Alexandre,
Leio sempre o seu blog e sou um admirador da sua clareza de raciocínio e objetividade nas analises econômicas.
Entretanto, discordo parcialmente desse seu último post.
Obviamente não há quem não tenha se sensibilizado com essa tragédia. Acho que, oportunamente, o Estado devia no mínimo se antecipar e criar um plano para uma indenização rápida pelos danos morais e materiais causados às famílias das vítimas (sem que pra isso fosse necessário ingressar com processos que, como sabido, levam anos para serem julgados e, em caso de sucesso, mais décadas para serem pagos via precatórios).
Também acho que devem ir para a cadeia todos aqueles que colaboraram para que essa desgraça acontecesse (como o vocalista da banda que acendeu o sinalizador e, aparentemente, os seguranças que não permitiram que as pessoas evacuassem a boate assim que o incêndio se iniciou).
Por outro lado, não há que se falar em punição àqueles que cumpriram a lei. Como visto, a lei vigente é ruim e tem diversas falhas (como tantas outras, aliás), mas aparentemente a boate estava funcionando de acordo com as normas vigentes.
Se for esse mesmo o caso, não há porque se indignar contra o chefe de bombeiro, fiscais etc. Ao que parece a lei estava sendo cumprida e eles não podem ser responsabilizados. Ao contrário, se exigissem medidas adicionais que não estivessem previstas em lei poderiam ser acusados, acertadamente, de estarem extrapolando os poderes de seus mandatos).
Temos que, isso sim, exigir leis com critérios mais técnicos e severos para que estabelecimentos como esse possam funcionar. Por enquanto, tragédias como essa podem voltar a ocorrer pois as normas vigentes são falhas.
Abs,

O post não é meu, mas do "O"

Alex,

Nao vai dialogar com Delfim nao?

So cresce as asas pra cima de quermesseiro, quero ver comprar briga com o gordo...

Está mais do que na hora de mudar algumas outras coisas no Brasil:

1) leis em excesso e muito detalhadas que não servem para nada

2) processos confusos para obtenção de licenças.

3) Os serviços como polícia, bombeiros, promotor, juiz, defensor público tem de ser todos ligados ao município e todos definidos por voto direto, quem escolhe o juiz da comarca é o povo da comarca, quem escolhe o chefe de polícia é o cidadão, não é perfeito mas é muito melhor que o sistema atual.

4) Pisou na bola é preso, simples assim, claro que tem de ter julgamento e tudo, mas foi pego dirigindo embriagado cana, foi pego fazendo algo errado ou burlando alguma postura lega e é funcionário público, tem de ser afastado imediatamente.

5) Temos de diminuir os gastos desnecessários da nossa máquina político administrativa para poder dedicar mais dinheiro para nossas cidades, e quem sabe e entende do que a cidade precisa é a cidade e seus habitantes, não o governador ou um secretário.

Realmente muito triste ver que perdemos vidas todos os dias por que não fazemos o básico.

"O", estou solidário com você.

Luiz